Frases Soltas: Literatura - Desventuras em Série – Livro 2 – A Sala dos Répteis

23 de janeiro de 2017

Literatura - Desventuras em Série – Livro 2 – A Sala dos Répteis



Por conta dos infortúnios acontecidos com os irmãos Baudelaire no primeiro livro, nesse segundo volume de Desventuras em Série, eles terão que ir morar com outro parente distante de seus falecidos pais.

Receosos pela experiência horrível que tiveram com o seu primeiro guardião, o Conde Olaf, eles enfrentam uma viagem totalmente desconfortável no carro de do Sr. Poe com destino á casa de seu tio Montgomery Montgomery, um renomado herpetologista (que estuda répteis e anfíbios).

Ao chegar à casa de seu tio, eles se deparam com um cenário totalmente diferente daqueles que eles esperavam. Montgomery Montgomery, ou melhor, tio Monty como ele quer ser chamado, é muito gentil e receptivo, e faz de tudo para agradar seus novos hóspedes.

Depois de devidamente instalados, cada um com seu quarto, eles conhecem a sala dos répteis. Um lugar impressionante, cheio de verde e viveiros que abrigam as mais diferentes espécies de cobras e sapos, incluindo a Víbora Incrivelmente Mortífera, que de mortífera só tem o nome, e que acaba se tornando a melhor amiga de Sunny.



Felizes e esperançosos por ter finalmente encontrado um lugar para se sentir em casa, eles começam a ajudar seu tio a planejar uma viagem ao Peru com o intuito de estudar e capturar novas espécies de cobras. Violet fica encarregada das armadilhas, Sunny de morder as cordas em pequenos pedaços e Klaus fica encarregado de ler tudo sobre o país da expedição.

Mas a felicidade dura pouco, quando o novo assistente de tio Monty chega, os irmãos desconfiam de que ele pode ser outra pessoa disfarçada, outra pessoa que eles conhecem muito bem!

Assim como o primeiro livro da série, a história é bem curta e de linguagem fácil, dá pra ler em umas duas horas facilmente, até menos se você estiver focado. Mas tem uns fatores bem irritantes durante a leitura, como a falta de credibilidade que essas crianças tem com os adultos que as cercam. Nada do que eles falam é levado a sério e isso me irritou muito durante a leitura.

Mesmo quando é algo bem óbvio, os adultos aqui agem como pessoas estúpidas que não conseguem enxergar algo que está bem na cara deles, sério, mesmo sabendo que é um livro infantil, haja paciência!

Tirando isso foi uma leitura boa pra entretenimento, mesmo sendo um livro triste, vale a pena a leitura!



comentário(s) pelo facebook:

Um comentário:

  1. Olá, tudo bem?
    Já procurei os ebooks de Desventuras na Amazon e não encontrei :/
    Você baixou em PDF e colocou no Kindle ou comprou?
    Adorei a resenha <3

    ResponderExcluir