Frases Soltas: Metas Literárias 2016 – Conclusão

19 de dezembro de 2016

Metas Literárias 2016 – Conclusão


No começo deste ano, eu coloquei metas bem ambiciosas pra mim, e o resultado claro foi flopar intensamente, como se não houvesse amanhã! rs
Se durante o ano a minha rotina tivesse permanecido a mesma eu acho que teria concluído a lista de metas, mas 2016 foi um ano de grandes mudanças na minha vida, começando por finalmente achar a coragem pra sair de um emprego tóxico (yey!).

Com a mudança na rotina, vieram muitas situações novas que eu tive que lidar e acreditem, mesmo com tanto tempo livre, eu não consegui conciliar a leitura como eu gostaria :/
As metas ficaram assim:

01. Ler 4 Livros Clássicos Gigantes da Estante

Não li quatro livros, mas li três que valem por quatro! Li Os Miseráveis, Pride and Prejudice (Orgulho e Preconceito) e Os Irmãos Karamazov, três gigantes da minha estante que estavam parados só me observando com olhares de censura. Destes o meu preferido foi Os Miseráveis, gostei tanto da escrita de Victor Hugo que comprei Os Trabalhadores do Mar. Este foi o livro preferido do ano, com toda a certeza.




02. Resenhar 50% das Leituras de 2016

Nah! Acho que não passei nem perto! Fiquei um pouco afastada do blog, não estive postando todos os dias como fazia antes, e estava mais preocupada em aproveitar os livros lidos do que escrever críticas sobre eles.

03. Ler mais livros parados do que comprados

A lista continua grande, mas essa meta eu consegui cumprir. Fiz uma listinha dos não lidos e fui dando preferência pros mais antigos da estante, os que estavam há muito tempo parados, foi legal, acabei descobrindo coisas bem interessantes, mas a descoberta mais importante foi que se não se deve ler um livro de dark fantasy quando se está com humor pra ficção científica :P

04. Ler 60 livros

Falhei consideravelmente, mas li bastante até, foram 38 livros. Pouco mais da metade da meta. Pouco pra uma blogueira literária, mas muito pra quem é apaixonada por livros.

05. Não gastar mais de R$ 50,00 mensalmente em livros

Nahhhh, mesmo ganhando vários livros ainda forma mais de R$ 600,00. É tanto lançamento com sinopse interessante que você se sente muito tentado, mas como eu disse nesse post aqui, estou me contendo mais. Nem na Bienal do Livro eu comprei tanto, e a Black Friday foi bem xoxa de descontos, então, poderia ter sido pior.

06. Ler 2 livros nacionais

Só li o livro da Jout Jout :/

07. Ler mais no Kobo e no Celular

Cumprida. Li muito no Kindle, não tenho mais um Kobo, infelizmente ele caiu e quebrou na hora, a tela ficou muito clara e eu não conseguia ler nada :/. Comprei um kindle paperwhite e ele é maravilhoso, não trava como o Kobo travava. As noites de insônia foram mais produtivas J


08. Praticar o Desapego

Cumprida. Fiz a limpa na estante e doei todos aqueles que ficariam na estante pela eternidade. Doei os que não tinham nada a ver comigo, os das crianças que já estavam muito infantis e os que eu não gostei. Fiquei com mais espaço e fiz pessoas felizes J

09. Ler 2 livros em outro idioma

Cumprida. Li Pride and Prejudice e The Cursed Child. Confesso que foi um pouco complicado, mas o Kindle ajudou bastante por causa do dicionário. Quando não se é fluente e está começando a ler em outro idioma, isso ajuda bastante. Dos dois livros, o mais interessante foi com certeza Pride and Prejudice (Orgulho e Preconceito) com a capa linda da Barnes & Noble, o Cursed Child (Criança Amaldiçoada) me pareceu uma fanfic (me julguem). Tem resenha dele aqui.



10. Terminar os Livros Começados

Cumprida. Não terminei todos, mas acabei a Trilogia dos Espinhos e O Príncipe de Westeros, que fazem parte dos livros infinitos, e isso por si só já foi uma vitória pra mim, porque né, haja saco! 





Então foi assim que ficaram as minhas metas de 2016, ainda estou pensando nas de 2017 porque não sei como vai ser a minha rotina no ano que vem. Vou começar a procurar emprego e muitas coisas vão mudar novamente, aí talvez o resultado das metas será um apanhado de fails novamente rs.


Então, até a próxima listinha!

comentário(s) pelo facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário