Frases Soltas: Filme - Animais Fantásticos e Onde Habitam

20 de novembro de 2016

Filme - Animais Fantásticos e Onde Habitam


Cinema com as luzes apagadas, escurinho, silêncio, de repente surge o logo da Warner e a musiquinha já conhecida por muitos Potterheads, aquela que remete á tempos gostosos de pré estréia de filmes de Harry Potter.

Logo em seguida, vemos Newt Scamander com sua maleta chegando à Nova York. Logo na primeira cena do novo herói do mundo bruxo já podemos perceber que há alguma coisa escondida em sua maleta, e logo em seguida temos a confirmação de quem era o companheiro de viagem de Newt: Pelúcio, uma fofura que adora jóias, moedas e coisas brilhantes.




Pelúcio foge da maleta e acaba indo parar em um banco, Newt vai atrás de seu bichinho e acaba conhecendo Jacob, um padeira que foi ao banco atrás de um empréstimo para abrir sua padaria. Jacob acaba se envolvendo na vida de Newt quando suas maletas são trocadas, e não só tem conhecimento do mundo mágico como também das criaturas fantásticas que vivem na maleta de Newt.


Jacob é o “trouxa” da história que dá o dom de deslumbramento com o mundo bruxo como o que Harry dava no filme da Pedra Filosofal. Grande parte do bom humor do filme é envolvendo esse personagens, que se tornou um dos preferidos da história pra mim.        

Vamos conhecer também as irmãs Porpentina (Tina) e Queenie. Tina interage com Newt desde o começo do filme, ela foi uma auror e prende Newt por transportar ilegalmente criaturas fantásticas em Nova York. Queenie é uma leitora de mentes e interage mais com os dois quando Newt tem que recuperar suas criaturas que fugiram da maleta quando esta foi aberta por engano por Jacob, na hora em que elas foram trocadas.



Newt é uma mistura de melancolia, timidez e dedicação, me lembrou muito Hagrid com sua falta de jeito ao lidar com pessoas, mas extremamente à vontade com seus bichinhos. Isso por si só me trouxe um sentimento gostoso de nostalgia que se intensificou no decorrer da história.




O filme mescla cenas delicadas e intensas, e mostra um lado do mundo bruxo que ainda não conhecíamos, um lado bem diferente do mostrado nos livros e filmes de Harry Potter. Neste mundo os bruxos tem muito medo dos trouxas (nãomagi), vemos muitas cenas de violência e preconceito com aqueles que tem um pezinho no mundo mágico, o que deixou tudo muito interessante.




Foi uma experiência diferente ir assistir a um filme do mundo de J.K. Rowling sem saber nada da história por não ter lido nenhum livro antes, afinal o livro Animais Fantásticas e Onde Habitam que inspirou o filme não tem um enredo, são só informações dos bichos do mundo mágico. Marido deve ter ficado grato por não ter que me agüentar comentando “no livro isso não acontece”, coisa que é muito comum de acontecer quando vamos ao cinema J

Enfim, achei o filme muito bom, bem diferente da sensação que eu tive lendo Cursed Child (Criança Amaldiçoada), e alguns personagens chatos de dar nos nervos, foram compensados por outros extremamente simpáticos. A história te prende, o filme 3D está repleto de cenas incríveis e apesar das reclamações sobre a escalação de Johnny Deep, acho que ele fará um bom trabalho na pele do vilão Grindelwald.

Ansiosa pelos próximos!


comentário(s) pelo facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário