Frases Soltas: Filme – Donnie Darko

11 de outubro de 2016

Filme – Donnie Darko


Donald Darko é um adolescente problemático, agressivo com as mulheres de sua família, com suspeita de diagnóstico de esquizofrenia.

Uma noite, durante seu sono, ele escuta uma voz o chamando, entre o limiar de dormir e despertar, quase sonâmbulo, ele segue a voz, e dá de cara com Frank, um coelho macabro em seu quintal, que diz que faltam exatamente vinte e oito dias, seis horas, quarenta e dois minutos e doze segundo para o mundo acabar.

Donnie acorda em um campo de golfe, sem saber muito bem como chegou ali, com o número informado pelo coelho desenhado em seu braço, como um lembrete da noite estranha que ele teve.




Ao chegar em casa, Donnie se depara com uma cena mais estranha ainda, inexplicavelmente uma turbina de avião caiu em seu quarto, e se não fosse pelo seu sonambulismo, ele agora estaria morto.

A partir desse momento começam a se desenrolar vários episódios típicos e atípicos na vida de Donnie, realidade e “imaginário” se misturam fazendo com que ele não saiba distinguir o que é de verdade ou de mentira, ele só sabe que tem que fazer o que o coelho manda, até o final da contagem, quando um episódio fatídico causa uma reviravolta que vai deixar o cérebro do expectador fritando atrás de respostas.



Donnie Darko é um filme Cult de 2001 que aborda temas filosóficos como a vida e o destino, religião, e temas mais exatos como física, manipulação e viagem no tempo. Podem-se tirar várias conclusões sobre o final do filme, e acho que essa foi claramente a intenção do diretor Richard Kelly, fazer com que a sua interpretação do filme fosse muito pessoal, percebe-se isso quando se vai em busca de teorias sobre o filme na internet, cada expectador tem sua própria relação com ele.

Posso dizer com toda certeza que mesmo sendo um filme antigo, com efeitos especiais “vintage”, ele te leva além do óbvio, te faz pensar sobre o que você acabou de ver, e esse é um dos fatores que eu levo em conta quando considero um filme bom. Gosto de ficar com o cérebro fritando, refletindo sobre a história pra tirar minhas próprias conclusões.



Super indico o filme pra quem está procurando algo diferente do que vemos por aí, sem clichês e com uma trilha sonora pra deixar no repeat do Spotify.

Se você assistir e ficar tão curioso quanto eu, precisando de respostas, clicando aqui você vai entender melhor as teorias de viagem no tempo, e aqui tem um podcast do Jovem Nerd que vai te mostrar algumas opiniões diferentes sobre o filme.

Fiquem com o trailer!







comentário(s) pelo facebook:

Um comentário:

  1. Meu afilhado viu esse filme e depois ficou dizendo que eu deveria assistir, falando a verdade eu só vi para para poder ter um assunto a mais para conversar com o menino, acabou que eu adorei o filme, o que rendeu algumas horas de conversa e teorias com meu afilhado rsss

    ResponderExcluir