Frases Soltas: Literatura - Depois de Você

15 de agosto de 2016

Literatura - Depois de Você



ATENÇÃO - SPOILERS

Quando terminamos Como Eu Era Antes de Você, deixamos Lou com um belo dinheiro herdado de Will, em Paris, comendo croissant e com uma bela perspectiva de vida pela frente.

Apesar da história triste de amor entre os dois, ficamos com a sensação de que Lou vai se dedicar ao que ela sempre quis fazer, vai procurar sua melhora, estudar, conseguir um emprego melhor, enfim, fazer bom uso do que aprendeu com Will, de que a vida é preciosa, e que ela tem que amar mais a si mesma.

Infelizmente nessa história isso ainda não aconteceu. Lou compra um apartamento com o dinheiro que Will deixou pra ela, mas não passa muito disso. Ao invés de correr atrás de sua melhora, ela se afunda na depressão, arruma um emprego onde é constantemente humilhada e pensa seriamente em desistir de tudo.


Não bastasse estar no fundo do poço, Liu cai do terraço do prédio onde fica seu apartamento, pois estava na beirada, pensando em como seria se Will estivesse com ela, e ao aparecer alguém ela se assusta e sofre o inesperado acidente. Soma-se então à sua tristeza e à sua carreira decadente o medo de ficar tetraplégica, presa á uma cadeira de rodas como Will.

Além de tudo isso, Lou ainda tem que lidar com uma filha de Will que aparece do nada, uma adolescente que não o conheceu, e que foi atrás de Lou porque ela era pessoa que passou mais tempo com ele depois de seu acidente.

Fiquei indignada lendo essa história porque ela já sofreu tanto, e tem que continuar lidando com situações que não cabiam a ela, e sim à família de Will. O livro é porrada atrás de porrada. Lou está estagnada, presa à memória de Will, mesmo que ela não queira e em consequência disso ela deixa a sua vida de lado para estar sempre ali pra quem na verdade não deu muito valor á ela, sempre por Will, sempre pensando nele.

Desculpe o linguajar, mas Lou se fode o livro todo, e quando finalmente aparece um homem bom na vida dessa mulher, ela tem que escolher entre o amor e uma boa oportunidade de emprego, sério, que livro mais injusto!

Não sei se Jojo vai continuar escrevendo sobre Lou, mas achei a história tão ruim, tão ruim que merecia uma continuação com Lou melhorando de vida, sendo uma mulher melhor, tendo um bom relacionamento não só amoroso, mas também com ela mesma. O jeito que o livro terminou me deixou muito chateada. Ficou parecendo que o clichê do bonzinho que só se fode é verdadeiro, o que não deveria ter acontecido aqui.

Eu até concordaria com o final se a jornada de Lou tivesse sido melhor, se ela tivesse amadurecido, mas honestamente, até Macabéia teve alguns momentos e alegria com seu café e seu batom vermelho, aqui só teve tristeza.


Fãs do livro e do filme, podem me apedrejar, gostei bastante do primeiro, mas honestamente, deste aqui eu esperava muito mais :(

comentário(s) pelo facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário