Frases Soltas: Raiva? Ok!

24 de novembro de 2015

Raiva? Ok!



Pensando aqui sobre como eu fico furiosa por tão pouco.

Uma simples atitude de outra pessoa pode azedar todo o meu dia.

Eu fico tão nervosa ás vezes que tenho dificuldade até pra dormir, pensando... remoendo... Aí depois de passada a raiva, fico me questionando sobre quem seria o responsável por eu ter virado uma pilha de nervos, se foi o infeliz que fez algo inenarrável, ou se fui eu que levei tudo a ferro e fogo.

Vejo vários artigos na internet dizendo que as pessoas só te tiram do sério se você permitir, elas só te abalam se você der poder a elas, mas essa semana fiquei pensando se quem escreve esses artigos já entrou numa briga ferrenha consigo mesmo pra tentar mudar seus hábitos, pra não dar “o poder” pra outras pessoas, pra não se deixar atingir pelas atitudes negativas, ou se escrevem somente pela vontade de estar na modinha do super auto controle, na moda do vamos ser zen e espalhar o amor.

Eu acredito piamente que devemos evitar ao máximo os conflitos desnecessários, seja no ambiente de trabalho, seja em casa, se puder consertar, ou se puder relevar dependendo do motivo e da sua necessidade, ótimo, mas deixar as pessoas tripudiarem em cima de você, sem que você reaja, é o ápice da idiotice. Então ultimamente eu tenho conversado muito comigo mesma, aprendendo a dizer não quando acho que devo, me impondo quando algo vai de encontro aos meus princípios, porque eu não tenho que aceitar tudo de todos, eu não tenho que ser legal com todo mundo, eu não vou morrer se alguém apenas não gostar de mim, afinal eu também não gosto de todo mundo.


Domingo chego nos 33 e estou aceitando quem eu sou, com os defeitos e as qualidades. E não, eu não tenho que aguentar a fanfarrice de todo mundo só porque não quero conflitos. Discussões ás vezes são necessárias, ficar extremamente nervosa vai acontecer de vez em quando, afinal raiva é só mais uma emoção. Então eu vou sentir todas as sensações que me fazem um ser humano, que me fazem ser uma mulher. O poder de sentir o que eu quiser ainda é meu.

comentário(s) pelo facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário