Frases Soltas: Resenha: Diga Aos Lobos Que Eu Estou em Casa

9 de fevereiro de 2015

Resenha: Diga Aos Lobos Que Eu Estou em Casa

June perdeu seu tio Finn para a AIDS, uma doença considerada Tabu na época em que a garota vivia. A dor da perda de June é muito grande, porque além dele ser seu tio e seu padrinho, ele também era o grande amor da vida da menina, um amor proibido, um segredo escondido a sete chaves pela garota, que nem mesmo o seu objeto de desejo, enquanto vivo, desconfiava existir.

Durante o enterro de Finn, June se dá conta de que tem um homem estranho a observando, e no decorrer do dia, ela descobre através da sua irmã Greta, que aquele homem misterioso não só fazia parte da vida de seu tio, como foi o responsável por ele ter pego a doença.

Toby, o homem misterioso, tenta fazer contato com ela de diversas formas, e num ato curiosidade, ela decide se encontrar com ele escondido, sem saber ao certo se era a coisa certa a se fazer. Esse encontro revela a ela muitas coisas sobre seu tio que a garota não sabia, e a instiga a descobrir a verdadeira história de seu grande amor.

June era uma garota solitária por natureza, e só se sentia á vontade com o seu tio, pelo fato deles terem muitas coisas em comum. Eles gostavam das mesmas músicas e dos mesmos filmes e quando ele morreu, despertou na menina uma melancolia maior do que ela já possuía. Nem mesmo Greta, que também estava passando por um momento complicado na vida, conseguia se aproximar o suficiente para ajudá-la a lidar com a situação. June só encontrou refúgio em Toby, que virou seu amigo, apesar das histórias horríveis que Greta contava sobre ele.

Diga aos Lobos que eu estou em casa é um livro lindo, mas muito triste, que trata da perda e da auto descoberta, onde as pessoas mostram todas as suas facetas, por mais dolorosas que elas sejam.

Não indico a leitura se você estiver num momento mais sensível, porque ele é pra ler com lencinhos na mão, mas ainda sim, a história é pura, sensível, e merece ser lida, então coloque na sua listinha de próximas leituras e se prepare pra chorar.

Amei, chorei, viajei e super indico!






Resenha do Mês de Fevereiro do Desafio do Tigre. Tema: Escrito Por Uma Mulher. Para saber mais sobre o Desafio, basta dar uma olhadinha neste post aqui ou acessar a página do DL no facebook.

comentário(s) pelo facebook:

3 comentários:

  1. Esse livro sempre me chamou a atenção pela capa, que é linda, mas a história também parece ser muito boa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lígia!

      Foi a primeira coisa que me chamou a atenção nele, realmente a capa é linda. A história é boa sim, pode ler sem medo.

      Obrigada pela visita! Beijinhos!

      Excluir
  2. Ta aí, eu tava procurando um livro que encaixasse na categoria "pra fazer chorar" do Desafio Literário do Tigre, e talvez eu tenha encontrado! (;

    ResponderExcluir