Frases Soltas: Resenha: Anexos

19 de janeiro de 2015

Resenha: Anexos

Lincon é um homem de 28 anos que se vê preso num trabalho que odeia, ler os e-mails dos colaboradores de um jornal, para detectar conteúdo impróprio. Além de odiar seu trabalho, Lincon voltou pra casa de sua mãe, pois ainda não descobriu quem ele realmente é nem o que quer da vida.

Durante a leitura dos e-mails, Lincon acaba se deparando com uma conversa íntima de duas amigas, Beth e Jenifer, e o conteúdo da conversa acaba divertindo Lincon. Ao invés de enviar uma advertência pras duas por usar o e-mail da empresa para assuntos pessoais, ele acaba deixando as duas conversarem, pois os assuntos são geralmente engraçados, e ajudam Lincon a atravessar a noite tediosa.

Aos poucos, Lincon vai se envolvendo com as duas, mesmo sem conhecê-las de verdade, e acaba se apaixonando por Beth, a crítica de filmes do jornal. Ele acha que é só uma fantasia boba, afinal, como ele pode estar se apaixonando por alguém que ele nunca viu? Só que ao se deparar com um e-mail de Beth falando sobre ele, onde ela deixa bem claro que se sentiu atraída por aquele desconhecido Cara Fofo, Lincon vê uma oportunidade de mudar sua vida pra melhor, e começa a criar situações para tentar encontrar a mulher pela qual já estava perdidamente apaixonado.

O livro é bem engraçadinho e interessante, Lincon é meio perdedor, mas é bem fofo,e quando percebe que está apaixonado por Beth começa a mudar sua vida, vai pra academia, começa a cuidar mais de si mesmo,começa a se relacionar com pessoas (ele era um solitário) e até aluga um apartamento. Beth está presa num relacionamento cômodo com um aspirante a astro do rock desde a faculdade e não está dentro do clichê de mocinha que precisa ser salva. Jenifer dá um "Q" de realidade na história, deixando tudo mais intenso. Os elementos nerds são muito bem descritos, tanto os filmes, quanto os jogos de RPG, e foram um a mais na história. Só achei que algumas partes não precisariam estar lá, confesso que pulei alguns diálogos entre Lincon e seus amigos nerds e não fez diferença nenhuma pra mim na compreensão da história.

Também foi um pouco decepcionante ficar torcendo por Lincon, lendo cada capítulo esperando Beth falar novamente sobre ele em algum outro e-mail, e quando finalmente chegar a parte, ela comentar sobre o namorado fofo, sério, foi meio WTF. Quando a coisa parecia que ia engrenar entre eles, a autora mudava completamente de assunto, isso porque estava quase no final do livro. Eu já estava começando a pensar que seria como Fangirl, um monte de páginas cheias de Fanfic pra encher linguiça, no caso de Anexos foram os e-mails desnecessários e as conversas nerds.

Eu curti Anexos, li ele no Kobo em apenas um dia, ou melhor, uma madrugada. A leitura é fácil, fofa e divertida, mas ainda sim, o meu preferido da Rainbow é Eleanor & Park, sem sombra de dúvidas.
  

comentário(s) pelo facebook:

2 comentários:

  1. Oi, eu amei o Fangirl e Eleanor e Park está na minha lista desse ano. Muita gente falou bem e espero que seja realmente incrível, gosto de guardar esses para ler depois de algo realmente decepcionante.
    Quero dar uma olhadinha no Anexos também, sou uma nerd enrustida e adoro livros assim.
    A lista vai só crescendo...
    Beijos
    Gabi - http://thisisallmylittlethings.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fangirl eu achei um pouco arrastado, mas Eleanor é meu preferido. Se fosse pra escolher entre os dois com certeza o vencedor seria Eleanor S2

      Nerd enrustida foi ótimo, sai do armário flor!! É muito bom aqui fora rs

      Beijinhos

      Excluir