Frases Soltas: Psicólogos descobrem que, subconscientemente, as pessoas podem “se tornar” o seu personagem favorito de um livro.

7 de janeiro de 2014

Psicólogos descobrem que, subconscientemente, as pessoas podem “se tornar” o seu personagem favorito de um livro.

Imagem daqui

Psicólogos descobriram que durante a leitura de um livro, as pessoas estão propensas a adotar inconscientemente o comportamento, pensamentos, crenças e respostas internas de personagens fictícios como se fossem seus próprios.

Especialistas apelidaram esse fenômeno subconsciente "experience-taking", onde as pessoas mudam seus próprios comportamentos e pensamentos para coincidir com os de um personagem que eles se identificaram.

Um pesquisador da Universidade Estadual de Ohio realizou seis experimentos diferentes em cerca de 500 participantes , que foram relatados no Journal of Personality and Social Psychology , concluindo que nas situações certas, o "experience-taking", pode levar a mudanças temporárias na vida dos leitores.

Eles descobriram que as histórias escritas em primeira pessoa podem transformar temporariamente a forma como os leitores vêem o mundo , a si mesmos e outros grupos sociais.

Em um experimento que exigia aos participantes que lessem na frente de um espelho, os pesquisadores relataram que menos leitores foram capazes de sofrer "experience-taking", porque eles eram constantemente lembrados de sua própria identidade.

Os pesquisadores disseram que o "experience-taking ' só pode acontecer quando os leitores são capazes de esquecer de sua identidade durante a leitura.

"Quanto mais você está se lembrando de sua própria identidade pessoal, é menos provável que você vai ser capaz de assumir a identidade de um personagem", disse Kaufman em um comunicado à imprensa. "Você tem que ser capaz de colocar-se fora do quadro, e realmente perder-se no livro, a fim de ter essa experiência autêntica de assumir a identidade de um personagem."

Veja a reportagem na íntegra clicando aqui.

comentário(s) pelo facebook:

Um comentário:

  1. Nossa muito interessante mesmo! =) Adorei saber disso, porque já desconfiava que quando um livro me prendia demais acontecia isso comigo...

    Muito bom!

    Bjs

    ResponderExcluir