Frases Soltas: Resenha: Legend

29 de julho de 2013

Resenha: Legend


Legend é uma distopia que se passa na cidade de Los Angeles - República da América (antigo Estados Unidos) no ano de 2130 D.C. O mundo já não é mais como esse que nós conhecemos. Ele é dominado pela República, um órgão do governo representado pelo grande Eleitor e pelo exército.

A história é narrada pelas visões de Day e June.
Day é um fugitivo procurado pela República por diversos crimes, nascido de família humilde, que luta pra sobreviver nas ruas pra não colocar sua família em perigo, sua mãe acha que ele está morto, mas seu irmão mais velho sabe que ele está vivo e tentando cuidar da família da melhor forma possível.

June é faz parte da elite, nascida de família rica, ela é considerada um prodígio por ter feito a pontuação máxima na prova obrigatória ministrada pela República. Ela estuda na melhor faculdade de Los Angeles e tem como objetivo de vida fazer parte do exército, assim como seu irmão Metias. Seus pais morreram e ela só tem Metias e seu cachorro Ollie como companheiros.
Uma brincadeira trágica do destino faz com que os caminhos de Day e June se cruzem, e a partir daí a história dos dois se desenrolam com muita ação e descobertas impressionantes sobre a República e o sistema em que ela vem mantendo as pessoas.

O ritmo do livro é bem acelerado, sempre está acontecendo alguma coisa, o que deixa a leitura mais prazerosa porque não tem tanta encheção de lingüiça. O que também ajuda na velocidade da leitura é que o livro é fininho, só tem 256 páginas, as folhas são grossas e as letras grandes.

O livro não deixa claro o motivo de o mundo ter se tornado o que se tornou, mas acredito que seja porque esse é o primeiro volume de uma série e a história tem que ser complementada.

A narrativa poderia ter sido melhor, não me senti tão presa. Ficaram muitas pontas soltas que eu espero esclarecer com a leitura dos próximos volumes.


comentário(s) pelo facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário