Frases Soltas: Resenha: As Crônicas de Gelo e Fogo - Livro 5 - A Dança dos Dragões

17 de setembro de 2012

Resenha: As Crônicas de Gelo e Fogo - Livro 5 - A Dança dos Dragões


Resenhar os livros do Martin é muito difícil. São tantos fatos, tantas histórias interligadas que falar sobre ela como um todo é complicado, então vou falar pra vocês sobre alguns dos meus personagens preferidos e sobre alguns fatos que aconteceram durante a história que mais me marcaram. Podem esperar uma resenha longa e cheia de spoilers.

Neste volume das Crônicas de Gelo e fogo, pudemos finalmente saber o que houve com vários personagens que ficaram de fora do Festim dos Corvos. Começando por Bram, que é um dos meus favoritos, senti falta dele no último livro e fiquei muito curiosa pra saber como se desenrolou a sua busca pelo corvo de três olhos. Devorei cada capítulo onde ele era o protagonista e gostei muito que finalmente ele encontrou alguém que pode explicar pra ele o que está acontecendo e ensiná-lo a usar o seu dom com sabedoria.

Jon Snow está muito compenetrado em desempenhar bem o papel de comandante da Patrulha da Noite, está fazendo o que acha certo, independente do que os outros vão pensar ou falar. O final dele, nesse livro, foi muito perturbador e me deixou aflita e ansiosa pelo próximo volume.

Arya, também minha preferida, continua aprendendo muito como serva do deus de muitas faces. Ela passou grande parte desse livro cega, mas foi muito esclarecedor pra quem acompanha está história saber o porquê dessa condição dela. Acho que Arya terá um papel muito importante no desenrolar desta saga e eu mal posso esperar pra saber o que ainda vai acontecer com essa loba forte e decidida.

Tyrion com certeza jogou merda na cruz no dia da crucificação de Jesus. To pra ver personagem mais zicado do que esse anão. Tudo de ruim que pode acontecer com ele acontece, e o impressionante é como ele lida com essas diversas situações inusitadas, sempre utilizando o dom da inteligência e contando com uma mãozinha do destino pra sair das confusões mais macabras. Tyrion é a cria do capeta, mas é um dos meus favoritos por nunca se deixar abater pelas adversidades.

Daenerys, o que dizer da rainha prateada? Cada dia mais forte e mais preparada pra assumir o trono de ferro, mas ainda desconfiada de tudo e todos e essa desconfiança tem causado muitos problemas pra ela na hora de tomar as decisões que precisa. Ela protagonizou uma das minhas cenas preferidas quando voou em seu dragão Drogo pelo mar dothraki, essa cena ilustra a capa do livro. Fora que agora temos mais um Targaryen na jogada, a segunda cabeça do dragão foi revelada, quem será a terceira? Jon Snow, como andam dizendo pela net?

Vários outros personagens também tiveram destaque nesse livro, Fedor, que eu nem desconfiava que fosse quem é, mas achei muito bem feito tudo que aconteceu com ele, os dorneses, Asha Greyjoy, Jaime e Cersei, que se fodeu de verde e amarelo nesse livro e eu achei ótimo! Adorei ter lido aquela cena dela!

O mal de ler sagas tão grandes é ter que esperar muito tempo pela continuação. O Sexto volume só será lançado no Brasil em 2014, até lá, podemos nos distrair com as temporadas da série, que personificam a nossa imaginação por meio dos atores e dão vida a essa história fantástica.

Se ainda não começou a ler essa série, não perca mais tempo. Ela é ótima, muito bem escrita e repleta de intrigas. As resenhas dos primeiros livros você pode encontrar aqui, mas já adianto, tem spoilers.






comentário(s) pelo facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário