Frases Soltas: Resenha: A Garota Americana

6 de agosto de 2012

Resenha: A Garota Americana


Garota Americana conta a história de Sam, uma nada típica adolescente americana, que se sente meio que um peixe fora d’água em sua família. Como boa irmã do meio, ela é totalmente diferente da sua irmã mais velha e popular Lucy e da sua irmã mais nova e superdotada Rebecca.

Sam foge do convencional, não liga muito para aparência e roupas da moda, como qualquer adolescente ligaria, ela está mais preocupada em protestar contra aquilo que acha errado e em fazer os seus desenhos de personalidades famosas.

Parte disso vem da influência de Jack, namorado de sua irmã mais velha, por quem ela é completamente apaixonada em segredo. Jack é um artista rebelde, que vive se metendo em confusões para expressar aquilo que ele chama de posição contra o sistema. É claro que essas atitudes não são vistas com bons olhos por ninguém, mas como Sam praticamente idolatra o rapaz, ela acha as suas idéias fantásticas.

Depois de ter sido dedurada pela irmã mais velha sobre os desenhos que ela fazia na aula de Alemão, a mãe de Sam decide que ela fará aula de Artes com a famosa pintora Susan Boones, como forma de extravasar sua criatividade.

É neste momento que a vida de Sam muda radicalmente. Um dia, quando ela estava cabulando uma das aulas, ela se depara com o presidente dos Estados Unidos entrando em sua loja preferida de cookies. Como se isso já não fosse estranho o bastante, ela percebe um homem na entrada da loja sacando uma arma. Sem pensar duas vezes, ela se joga em cima do homem e salva a vida do presidente, se tornando heroína nacional.

Gostei de como a Sam, que sofria de síndrome de vítima, começa a perceber a sua verdadeira personalidade depois que começa a fazer as aulas de arte e conhece David. Apesar de, a princípio, relutar em participar das aulas, ela acaba percebendo um mundo totalmente novo, expandindo os seus horizontes e descobrindo maneiras de enxergar aquilo que há muito estava na sua cara e só ela não via.

Este livro é bem teen. A história é bem humorada e descompromissada, exatamente o que eu estava precisando pra desestressar da correria da minha rotina.

Recomendo!




comentário(s) pelo facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário