Frases Soltas: Resenha: Filme Valente

23 de agosto de 2012

Resenha: Filme Valente


Assisti a esse filme com os meus filhos no final de semana de estréia, mas só agora tive tempo de escrever uma resenha legal sobre ele.

Merida é uma princesinha nada convencional, com os seus cabelos ruivos e muito cacheados, ela adora cavalgar, treinar seu arco e flecha, desbravar as florestas e escalar montanhas. Ela vive num castelo com seus irmãos trigêmeos terríveis, seu pai e sua mãe. A vida pra ela não poderia ser melhor, até chegar a hora de assumir as responsabilidades que uma princesa tem por obrigação.

Ela teria que se casar com um dos filhos dos líderes dos outros clãs bárbaros contra a sua vontade, para unir os reinos e manter a paz, mas como é contra essa idéia, ela se revolta e decide traçar o seu próprio destino, pedindo pra uma bruxa um feitiço que mudasse a sua vida.

Merida é linda. Uma das poucas princesas da Disney que são cacheadas, esse foi o motivo da minha filha querer tanto assistir ao filme. Ela é rebelde, corajosa e uma tem determinação que eu achei fantástica. E ela tem mãe! Sim meus amigos, uma princesa com mãe, e esse relacionamento entre mãe é filha é um dos assuntos mais explorados do filme, o que eu achei muito interessante porque, afinal, quem nunca teve problemas com a mãe?

Nesse filme também não temos um príncipe encantado lindo e maravilhoso que vai salvar a donzela em perigo, pelo contrário, os príncipes são feios, malucos e com manias estranhas como trocar a ordem das palavras quando falam, o que foi muito engraçado de assistir. Nesta história é a princesa que se salva e salva a sua mãe de uma maldição pela qual ela foi responsável quando buscou um caminho errado pra mudar o seu destino.

Uma cena que ficou na minha cabeça: quando o pai de Merida, sem saber que a sua mulher tinha se tornado um urso, tenta matá-la, a princesinha toma a frente e enfrenta o seu pai com uma carinha de brava dizendo “você não vai machucar a minha mãe!”, e luta com ele.

Seria uma mensagem da Disney para incentivar os filhos a reagirem a situações de violência em casa? Pra não permitirem que suas mães continuem sendo agredidas pelos pais?

Qual a intenção deles eu não sei, mas é perceptível que este filme da Disney/ Pixar tem muitas mensagens subliminares. Veja bem, quando digo mensagens subliminares não me refiro a códigos do capeta inseridos nas imagens como muitas pessoas podem pensar, mas sim à mensagens POSITIVAS que fixam na cabeça da gente sem que a gente perceba.

A que mais ficou em mim foi que sim, nós temos pensamentos diferentes e vontades diferentes, mas se a gente conversar e entrar num consenso, se cada um ceder um pouco, as coisas podem dar certo, o amor e a comunicação são a chave pra qualquer coisa.

Ainda falando de mensagens subliminares, vi dois easter eggs muito legais, que são típicos das produções da Pixar. O primeiro é o carro do Pizza Planet, que está sempre presente nos filmes. Achei engraçado que eles conseguiram colocar no Valente também, mesmo sendo um filme de época.


E o segundo nos dá uma dica do próximo lançamento da Pixar, Monstros S.A 2. Uma imagem do Sulley aparece numa madeira na casa da bruxa.



Eu recomendo o filme sem dúvida. E fica mais especial se você assistir com seus filhos e até com a sua mãe. A minha foi junto, e foi muito bom ter três gerações da família unidas curtindo a história dessa princesinha linda e Valente! 







comentário(s) pelo facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário