Frases Soltas: Livros Difíceis

24 de agosto de 2012

Livros Difíceis


Essa semana, conversando com alguns amigos sobre livros, começamos a debater sobre leituras difíceis. 

Veja bem, não estou falando de livros chatos e arrastados, mas de livros complicados, que dão um nó na sua cabeça, e que te fazem voltar a leitura em pelo menos uma página pra relembrar o que aconteceu na história antes de continuar. Vou mostrar pra vocês o meu Top 3.

J. R. R. Tolkien.

Quem é fã do Senhor dos Anéis sabe, Tolkien é um escritor muito difícil de ler. Ele descreve detalhadamente cada cenário, cada personagem e situação. Encontramos também em seus livros nomes de muitos personagens, muitos mesmo, tanto que posso dizer que ficamos por dentro da árvore genealogia de cada um deles, sabemos o nome dos pais, dos avôs e até dos antepassados destes, o que deixa a leitura sem muito espaço pra imaginação. Não só a vida dos personagens é exposta como um livro aberto, as diversas cidades e povos que foram extintos também são descritos com riqueza de detalhes. Isso faz com que tudo fique interligado, mas também deixa tudo muito confuso porque são muitas informações pra absorver. Persisti neste autor porque ele criou um universo fantástico pra ser explorado. Procurei um momento tranqüilo mentalmente e consegui terminar a leitura de alguns livros. E posso dizer que valeu a pena.



Chico Xavier/ Espírito André Luiz

Qualquer brasileiro que não conheça Chico Xavier deve morar numa dimensão paralela. Fiquei curiosa por seus livros por ele ser o médium mais famoso e com a maior credibilidade do Brasil. Como venho de uma família espírita, sempre tive curiosidade sobre temas polêmicos como vida após a morte, e decidi conhecer um pouco mais sobre o assunto lendo o livro Nosso Lar. Chico foi um autor difícil pra mim pela linguagem com que ele narra suas histórias. Por serem livros muito antigos, o português é de época, existem muitas palavras que não são mais utilizadas nos dias de hoje e confesso que parei a leitura algumas vezes pra consultar um dicionário. É uma leitura difícil, mas se você tem curiosidade pelo assunto, é leitura obrigatória porque traz muitas informações importantes.





J. J. Benitez

Benitez é um escritor espanhol, autor de uma série muito polêmica chamada Operação Cavalo de Tróia, que narra a história de um major da Nasa que volta numa máquina do tempo pra época em que Jesus Cristo era vivo. A série é polêmica não só por abordar a vida de Cristo como pelo fato do autor nos fazer crer que a história foi escrita baseada em relatos e documentos deixados pra ele pelo suposto major, como se a história fosse verídica. Este fato por si só chamou a minha atenção e eu fui atrás do livro pra ler. Benitez é difícil porque os seus textos são muitos descritivos, a leitura é um pouco arrastada e ele coloca muitas notas de rodapé.  Notas gigantes, diga-se de passagem, algumas pegam quase metade da folha. Seus livros geralmente são enormes, com as folhas bem fininhas e as letras pequenas, ou seja, leva muito tempo pra terminar.  Sendo ou não verídica, apesar de difícil, a história é muito interessante. Eu gostei do livro, mas vou demorar a ler qualquer coisa desse autor novamente porque eu preciso estar numa fase tranqüila pra absorver todas as informações que ele passa nessa história.


Agora me conta, que torna uma leitura difícil pra você? Qual foi o livro mais difícil que você já leu?


comentário(s) pelo facebook:

Um comentário:

  1. Realmente, Tolkien é difícil. É tão complicado que acabei largando Senhor dos Anéis, sendo que nem o filme consegui assistir. Estranho, não? Mas realmente não gostei e nem pretendo mais tentar ler alguma coisa, rs.
    Beijos.

    ResponderExcluir