Frases Soltas: Dicas Bienal do Livro

18 de agosto de 2012

Dicas Bienal do Livro



Galerinha, ainda está rolando a Bienal do Livro de São Paulo, e se você vai hoje ou amanhã, tenho algumas dicas pra vocês.


  • Vá de ônibus e metrô e abuse da integração do bilhete único e do ônibus gratuito que eles disponibilizam pros visitantes;
  • Use roupas confortáveis, um jeans e uma baby look ou uma camiseta estão ótimos. Se você vier de outro estado, coloque na mochila um casaquinho ou uma blusa de frio, paulista já está acostumado com todas as estações do ano num único dia, o clima daqui é maluco;



  • Tênis sempre, sempre, sempre. Não invente de ir de bota, de coturno, de scarpin, se chinelo ou sei lá do que, a menos que você vá passar pouco tempo por lá, porque o seus pezinhos vão ficar moídos, fiz isso em 2008 e acreditem, nunca mais;
  • Quando for colocar o seu tênis, lembre-se de colocar uma meia bonitinha ou caprichar no Tênis pé, em vários stands, especialmente o das crianças, tem que entrar sem sapatos, e se vc quiser curtir com seus filhos e participar das brincadeiras, vai ser ótimo não pagar um mico com meias trocadas ou furadas e encardidas;
  • Seu autor favorito vai autografar? Chegue com pelo menos uma hora de antecedência pra pegar a fila da distribuição das senhas ou vai ficar sem. Você também tem que chegar bem cedo na fila pra pegar o autógrafo, senão pode ter que esperar um longo tempo, até todos que estão na sua frente terem seus livros assinados, fotografarem e trocarem algumas palavras com o seu ídolo. Todo mundo faz isso, é a verdade nua e crua, então se não quer ficar horas na fila, programe-se!
  • Vale a pena dar uma passadinha no Stand da Panini. Mesmo que você não goste de quadrinhos, sempre tem alguma coisa interessante sendo exposta por lá, em 2008 tinha um Hulk Gigante, em 2010 tinha o Batmóvel e o Homem de Ferro e o Maurício de Souza sempre está por lá autografando os Gibis da Turma da Mõnica;
  • No site da Bienal é possível que você saiba exatamente onde estão os Stands que você quer visitar. Se você é prático e gosta de se programar, vale uma espiada no mapa interativo deles, é bem legal;
  • Antes de sair de casa, veja se a câmera e o celular estão carregados, carteira na bolsa e programação e garrafinha de água na mão pra aproveitar tudo direitinho;
  • Comida na Bienal é cara. refrigerante e água tem preço de balada, então vale a pena levar uma bolachinha na mochila, especialmente se você vai com crianças;
  • Não compre nada por impulso, visite com calma os stands primeiro, pesquise os preços, pois no decorrer do dia a Editora ou o Submarino (que está lá esse ano também) pode colocar seu cobiçado livro em promoção e você vai ficar decepcionado (aconteceu comigo).
  • E a última e mais importante dica, tenha paciência, muita paciência. Por mais que se diga que brasileiro não lê, a Bienal é lotada, tem fila pra tudo, então vá relaxadão, leve um mp3 e curta uma musiquinha ou inspire-se em Jó pra não criar confusão com ninguém lá dentro. 

Paz, amor e muitos livros!
 



comentário(s) pelo facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário