Frases Soltas: Resenha: A Menina Que Roubava Livros

16 de julho de 2012

Resenha: A Menina Que Roubava Livros

Estou começando a escrever esta resenha ainda com lágrimas nos olhos. Este livro me emocionou de várias formas durante a leitura, mas agora no final, fiquei sem fôlego. Um ótimo final pra um ótimo livro.

Eu já li alguns livros que falam sobre o nazismo na Alemanha, mas eles sempre eram narrados do ponto de vista dos nazistas ou dos judeus, nunca sob o ponto dos alemães que vivenciaram esse período e muito menos pela visão da morte.

Liesel é uma garota loura e raquítica. Ela mal conheceu seu pai, perdeu seu irmão numa viagem de trem e está prestes a ir morar com uma família adotiva, pois sua mãe está muito doente e não tem condições de criá-la. Apesar de sua aparência franzina e frágil, Liesel é uma garota muito forte e sonhadora, e a sua paixão pelas palavras faz com que a dificuldade que ela tem em lê-las sirva de impulso para cometer seus crimes, o roubo de livros.

Durante a sua vida, Liesel tem que lidar com muitas perdas, em especial das pessoas que ela ama, e isso faz com que a Morte tenha certo fascínio sobre ela e esta, começa a acompanhar a garota de perto.

Umas das várias coisas que me impressionaram neste livro, além é claro do fato dele ser narrado pela morte, é que o autor colocou na maioria de seus personagens uma bondade imensa de coração, em especial em Liesel e Hans Hubermam. O amor entre pai e filha (adotiva) é lindo de se ler. Todo o carinho e dedicação que este homem tem com a filha e com a esposa, e até mesmo com estranhos, ainda que seja pobre e não tenha nada a oferecer além do seu amor, é realmente tocante.

Fazia um tempo que eu não lia algo tão real e tão intenso. As partes em que Max aparecia, me fizeram pensar em quão valiosa a minha vida é, não pelas condições financeiras, muito menos pelos bens materiais, mas pela simplicidade de estar viva, e pode contemplar o céu todas as manhãs.

Leia o livro até o final, não se deixe desanimar pelas partes mais arrastadas, porque ele é um livro maravilhoso, e esta história merece ser lida.

Altamente recomendado!





comentário(s) pelo facebook:

4 comentários:

  1. Oi, Flavinha!
    Sempre tive curiosidade de ler o livro. Então eu o comprei. Essa é a primeira resenha que vejo dele, e está ótima!
    Só fez aumentar minha vontade de lê-lo!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Érica! Obrigada!

      O Livro é muito bom, uma leitura que vale a pena :)

      Excluir
  2. Oi Flavinha, tudo bem?
    Adorei a resenha! Já comecei a ler o livro umas 3, 4 vezes, mas nunca consigo ir adiante, sempre paro em alguma parte no começo e vou ler outros livros, mesmo que muitas pessoas já tenham me falado que ele é ótimo. Vou me esforçar na próxima vez pra ver se consigo terminar hahahah

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carol, to bem linda e você?

      A leitura é um pouco difícil mesmo, porque tem vários parenteses da morte durante a história, mas sabe quando você acaba uma história e se emociona a ponto de ficar pensando nela por muito tempo? Esta é uma história deste tipo. Quando estiver numa fase mais tranquila, dê mais uma chance, vai valer a pena :)

      Obrigada pela visita :)

      Beijinhos

      Excluir