Frases Soltas: Resenha: Como Navegar em uma Tempestade de Dragão

8 de fevereiro de 2012

Resenha: Como Navegar em uma Tempestade de Dragão

De todas as aventuras de Soluço, acho que essa foi a mais intensa, ou melhor, a mais corrida. Neste episódio das memórias de Soluço, ele terá que descobrir a América, salvar um bando de escravos preso em um navio, salvar o pai, vencer os dragões Serpentes Polares e ganhar a Competição Amistosa de Nado Intertribal em apenas três meses, cinco dias e seis horas, como foi profetizado pelo avô de Soluço, Velho Enrugado.
É claro que ele terá a ajuda de seus inseparáveis amigos Perna de Peixe, Camicaze, Banguela e Mosca da Tempestade, porque afinal, Soluço nunca se mete em confusão sozinho, seus amigos sempre estão envolvidos de alguma forma.
O livro se desenrola como os outros, sempre num ritmo leve e contagiante. A história tem várias tiradas cômicas e momentos de tirar o fôlego, onde pensamos que Soluço está realmente perdido. Ainda bem que não é o caso, e eu espero sinceramente que essa série tenha muitos outros volumes, porque é muito prazeroso ler pras crianças as desventuras de Soluço.
As ilustrações e os nomes dos personagens continuam muito divertidos. A capa segue o mesmo tipo das anteriores, bem coloridas e com ilustrações que chamam a atenção. O número de páginas é bem razoável, nem muito grande, nem muito curto. Todos esses elementos fazem com que as crianças se interessem mais pela leitura e tenham a vontade de continuar a acompanhar a série.
Recomendadíssimo!


comentário(s) pelo facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário