Frases Soltas: Resenha: Ame O Que é Seu

6 de fevereiro de 2012

Resenha: Ame O Que é Seu

Ellen é uma fotógrafa bem sucedida que mora em Nova York. Se casou há apenas alguns meses com Andy, irmão de sua melhor amiga, um homem bonito, dedicado e completamente apaixonado por ela.


Sua vida corre maravilhosamente bem, até que um encontro acidental com um ex-namorado num dia chuvoso, bagunça tudo o que ela acreditava estar certo em sua vida.
Léo não é qualquer ex, ele é aquele tipo de ex que no passado mexeu com todas as suas estruturas sabem? Aquele tipo de paixão avassaladora, sem controle que te deixa sem fôlego e sem vida própria. Toda mulher já se anulou por algum homem na vida, Ellen, num passado não muito distante, tinha se anulado por Léo.
Ela agora se vê dividida entre o homem que ama e uma paixão do passado, sem saber lidar com os velhos e novos sentimentos que estão surgindo em sua cabeça e em seu coração.
O livro trata da grande pergunta que todos nós já nos fizemos um dia: E se?
E se tivesse sido diferente? E se eu tivesse tomado outra atitude em relação a determinado assunto, e se eu tivesse feito outra escolha? Será que eu teria sido feliz, será que eu estaria melhor do que eu estou agora?
Muitas vezes eu me pegava pensando durante a leitura “Ellen , o que você está fazendo?”, pra logo depois compreender a situação difícil em que ela se encontrava e me tornar solidária aos seus sentimentos.
Este é o primeiro livro da Emily que eu leio e adorei a forma como ela abordou os problemas vividos pela Ellen, bem como as preocupações corriqueiras que temos em relação à pessoa que vive conosco. Me identifiquei quando Ellen reclama que seu marido dá mais atenção ao golf do que a ela, a diferença é que lá em casa, ao invés de golf é o futebol, especificamente o Corinthians, nem disputo mais a atenção rs. Depois de 12 anos juntos a gente aprende que não adianta competir com isso, eu respeito quando ele quer assistir aos jogos e ele respeita quando quero ler meus livros.
O final do livro é previsível, afinal o título já trás o maior spoiler de todos né, mas o tema é muito interessante e a história é conduzida de forma leve fazendo com que a leitura seja prazerosa.



comentário(s) pelo facebook:

2 comentários:

  1. A leitura é mesmo muito prazerosa. E eu tenho que começar a fazer como você. Meu namorado adora Futebol (mas no meu caso é o Flamengo) e UFC. Ele tem falado tanto de UFC ultimamente que isso tem sido motivas de brigas nossas porque não aguento mais. O mais certo é deixar pra lá (ok, comecei a fazer assim esse fim de semana) e começar a ler um livro enquanto ele assiste, rs.
    Adorei sua resenha.
    Quando li o livro, ficava também pensando no que a Ellen estava fazendo e em alguns momentos, roí as unhas esperando o que aconteceria em seguida. Mas gostei bastante da escrita da Giffin, por isso que quero ler outros livros dela.
    Beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Babi! Já tive muitas discussões como essa, sei bem como é isso, mas chega uma hr em que a gente pensa, vale realmente a pena? Durante o jogo, eu costumo preparar um post pro blog, fuçar no face ou ler um livro. Aí todo mundo fica feliz e em paz =).

      Ps. Odeio UFC kkkkk

      Excluir