Frases Soltas: Resenha: Paixão

2 de janeiro de 2012

Resenha: Paixão

No terceiro volume da série Fallen, viajamos com Luce pelas suas vidas passadas, afim de descobrir se só o que a une a Daniel é a maldição ou se existe realmente amor verdadeiro.
Passamos por diferentes épocas da história, vimos personalidades famosas como Shakespeare e conhecemos também um personagem novo que é fundamental para o desenrolar da história, tanto durante às visitas de Luce ao passado,como pros eventos futuros que se desencadearão nos próximos livros da série.
O livro é cheio de momentos de romance e ternura, no melhor estilo mocinho que salva a mocinha em perigo. Toda a distância que eles são obrigados a manter um do outro, todas as revoltas de Daniel quando sua amada se incendeia em seus braços são vistas aos olhos de Luce como um sofrimento interminável.
Foi um livro interessante, finalmente conhecemos o vilão, entendemos do que se trata a maldição de Daniel e Luce, e também compreendemos a importância de Daniel na balança dos anjos entre o bem e o mal.
Não foi empolgante como eu achei que seria, aliás foi bem morno. Ter que passar por todas aquelas vidas pra descobrir detalhes minúsculos, chegou a ser tedioso. Dava pra eliminar uns 3 capítulos fácil.
Achei que Luce seria mais forte a essa altura, que lutaria por seu amor e pra descobrir uma forma de quebrar a maldição, mas no entanto, ela só ficou ali querendo uma prova do amor de Daniel, a mesma menina insegura de sempre. Confiou mais uma vez em quem não devia se deixando levar pela sua curiosidade e quando poderia ter sido mais fácil ter se imposto a Daniel e pedido a sua companhia pra viajar através dos anunciadores e descobrir a verdade.
Achei essa série muito fraca até agora. Tive esperanças no Tormenta, mas Paixão deixou tudo como no Fallen, frio e insosso.
Três estrelinhas pra este volume.


comentário(s) pelo facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário