Frases Soltas: Pai da Impressão

2 de dezembro de 2011

Pai da Impressão

João Gutenberg é considerado o inventor dos do processo de elaboração de livros e outros trabalhos impressos, que permitiram a massificação das obras literárias. Ele nasceu na cidade alemã de Mainz, foi um ourives do bispo de Mainz, e também trabalhou com o comércio de roupas.

Desde jovem revelou uma forte inclinação pela leitura, lendo todos os livros que os pais possuíam em casa. Os livros, que na época eram escritos à mão por monges, alunos e escribas, demoravam meses sendo preparados, sendo o seu preço elevadíssimo e inacessível para a maioria das pessoas.

Em 1434, Gutenberg mudou-se para Estrasburgo e lá permaneceu vários anos, até que regressou à Mogúncia, onde associou-se com um comerciante que o financiou para realizar a impressão da Bíblia.

A imprensa é outra das contribuições de Gutenberg, pois ele criou uma adaptação daquelas máquinas usadas para espremer o suco das uvas na fabricação do vinho, com as quais ele era familiarizado, pois Mogúncia, onde nasceu e viveu, está no vale do Reno, uma região vinícola desde a época dos romanos.

Gutenberg também desenvolveu tintas que eram de secagem rápida, impressão permanente, e que eram absorvidas pelo papel sem que escorressem.

O primeiro livro impresso por Gutenberg foi a Bíblia, processo que se iniciou cerca de 1450 e durou cinco anos.

Como homenagem a esse inventor, nos EUA acontece anualmente o "Festival Gutenberg", que consiste numa feira de demonstrações e inovações nas áreas do desenho gráfico, da impressão digital, da publicação e da conversão de texto.


comentário(s) pelo facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário