Frases Soltas: Resenha: Os Sete

20 de outubro de 2011

Resenha: Os Sete

O livro Os sete, conta a história de Tiago e seus amigos Olavo e César. Eles são mergulhadores e encontram em uma de suas aventuras submersas uma caixa de prata que esconde um grande mistério.
Pensando na possibilidade de ser um tesouro afundado de um daqueles navios portugueses lendários, os rapazes resolvem chamar o pessoal da Universidade Soares do estado de Porto Alegre (sim, meus queridos, esta aventura vampiresca se passa no Brasil!), para analisar a descoberta que eles fizeram.
Qual não foi a surpresa destes amigos ao descobrirem que a caixa não continha um tesouro, mas sim sete cadáveres, que graças a um pequeno corte no dedo feito por Eliana, uma das pesquisadoras da Universidade, são despertados e se revelam vampiros sanguinários, os Vampiros do Rio D’ouro que foram trancafiados naquela caixa para serem mantidos longe da civilização.
Cada um dos Sete Vampiros tem um dom maligno, dado a eles pelo próprio demônio.
·         Inverno pode congelar tudo a sua volta, inclusive o ar,
·         Acordador pode ressuscitar os mortos,
·         Tempestade como o próprio nome diz, controla as chuvas;
·         Gentil, tem o poder de para o tempo a cada ciclo lunar, é o mais “humano” dos vampiros,
·         Espelho tem o poder de tomar a forma das pessoas.
·         Lobo é mais um lobisomem do que um vampiro, pois se transforma em toda lua cheia,
·         Sétimo é o mais temido dos vampiros, e foi enviado pelos outros seis para o inferno por 150 anos para ser escravo de Lúcifer em troca dos poderes que eles têm hoje. Quando finalmente conseguiu escapar de lá, voltou como o mais poderoso de todos.
O livro é realmente muito interessante, e te prende do início ao fim. Apesar de ser um livro de terror, me peguei várias vezes rindo com a forma que os vampiros, que ficaram aprisionados por tanto tempo, lidam com a tecnologia dos dias atuais.
A descrição dos lugares em que se passam as cenas de confronto entre humanos e vampiros são muito legais, porque como eu disse mais acima, a história se passa no Brasil, e é contada por um escritor brasileiro, então nos sentimos mais presentes na história.
A única coisa que eu senti falta foi de um romance maior entre Tiago e Eliana, achei o relacionamento dos dois meio sem sal. O Vianco é maravilhoso pra descrever batalhas sanguinárias, mas pra escrever romance, daqueles que agradam a mulherada mais melosa (eu), ele tem que se aperfeiçoar um pouco mais. Mas tá valendo porque o livro não é um romance, mas sim terror! E um terror maravilhoso!
O livro termina com o Sétimo despertando, e a história deste vampiro aterrorizante será contada no próximo volume da saga, que leva o seu nome, o que eu achei ótimo, porque ele é descrito nos Sete como “O Vampiro fodão” sabem? Nada mais justo que ele tivesse um livro só dele!
Adorei Os Sete, tenho o meu exemplar autografado e recomendo a aventura destes vampiros pelas terras brasileiras porque é uma história como você nunca viu antes!


comentário(s) pelo facebook:

Um comentário:

  1. Oi, Flavinha!

    O único livro do André Vianco que eu li foi A Casa e não gostei. Agora fico com o pé atrás, não fiquei com vontade de ler outros livros dele.
    Traumatizei... rsrsrs

    Beijos!

    ResponderExcluir