Frases Soltas: A Torre Negra - Volume V - Os Lobos de Calla

8 de junho de 2011

A Torre Negra - Volume V - Os Lobos de Calla

Neste novo volume da Saga da Torre Negra, Roland e seu Ka-tet tem de ajudar uma cidade a se livrar de uma maldição.
Calla Bryn Sturgis é uma cidade pequena e pacata com uma coisa incomum a todas as outras, todos os seus habitantes, sem exceção, tem filhos gêmeos.
Como se não bastasse esse fato incomum, uma vez a cada geração (cerca de 23 anos), a cidade de Calla é invadida por “Lobos” que raptam seus filhos e quando os devolvem, eles estão diferentes, com um tipo de deficiência estranha, que faz com que eles não consigam mais ser independentes.
Posso comparar essa deficiência á Sindrome de Down do nosso mundo, mas com a grande diferença de que no Mundo Médio essas crianças portadoras da tal deficiência crescem absurdamente.
Ninguém sabe o motivo pelo qual esses Lobos precisam das crianças, a única certeza que a população tem é que eles virão mais cedo ou mais tarde e que suas crianças correm grande perigo.
Como a visita dos lobos está próxima, os habitantes de Calla pedem ajuda aos nossos heróis pistoleiros para enfrentar os Lobos e evitar que mais crianças sejam seqüestradas.
Começa então o treinamento de tiro dos habitantes e também o treinamento de Susannah com as Orizas, pratos afiados que serão utilizados pelas mulheres como armas de guerra para decepar a cabeça e ouros membros do corpo dos Lobos na batalha futura.
Nesta cidade, Roland descobre o 13 preto, que ajuda o ka-tet a voltar para Nova York e descobrir onde a rosa vermelha está e protegê-la de um grupo que queria destruí-la.
Com a Rosa em segurança, o ka-tet tem sua batalha com os Lobos e os derrotam, impedindo que a maldade contra as crianças continuasse. Ele descobrem, que na verdade, os Lobos não passavam de robôs, e que era um dos moradores da cidade que passava pra eles todas as informações de que necessitavam para agir.
Traições, batalhas e tiroteios a parte, o livro tem um ritmo um pouco lento e cansativo. Mas pra quem acompanha a saga desde o seu início, a continuação da história é até prazerosa. O que nos desperta a curiosidade mesmo é o fato de que Susannah está grávida de um demônio. Este demônio a possuiu no circulo que eles fizeram pra trazer Jake de volta e a engravidou utilizando a semente de Roland que tinha sido possuído pelo mesmo demônio também num círculo de poder.
Boa coisa não pode sair daí não é? Com certeza não, e o final desse livro nos deixa numa expectativa maior ainda porque além das personalidades que Susannah já tem, ela desenvolve uma nova, Mia Filha de Ninguém, que vai proteger a “criança” até que esta esteja pronta para nascer.
Mia, filha de ninguém, rouba o 13 preto, atravessa o portal e vai para nova York escondida, onde planeja trazer seu “Chapinha” para a nova vida que o espera nesta cidade que pra ela é totalmente desconhecida.
Que venha a Canção de Susannah!



comentário(s) pelo facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário