Frases Soltas: A Torre Negra - Volume II - A Escolha dos Três

6 de junho de 2011

A Torre Negra - Volume II - A Escolha dos Três

O segundo volume desta saga começa com Roland tendo a revelação de que três pessoas o ajudarão na sua busca pela Torre. Essa revelação é feita por Walter, o Homem de Preto, através de um baralho de Tarô.
Roland deve encontrar O Prisioneiro, A Dama das Sombras e a Morte.
Ele começa então sua nova busca pela praia, onde é atacado pelas Lagostrosidades, monstros que se parecem com as lagostas do nosso mundo, e perde dois dedos da mão direita e o dedão do pé. Após vencer estes monstros e continuar sua caminhada, Roland encontra três portas que o levam cada uma a um tempo diferente da cidade de Nova York no nosso mundo.
A primeira porta leva à década de 80, onde Eddie Dean, o Prisioneiro, viciado em drogas e mula, está tentando levar uma grande dose de cocaína em seu corpo para Manhatan, a mando de Balazar, chefe do tráfico. Roland terá de salvá-lo da morte certa e antes de convencê-lo a acompanhá-lo em sua jornada.
A segunda porta leva à década de 60, onde Odetta Holmes, a dama das Sombras, uma jovem negra, paralítica e ativista dos direitos dos portadores de deficiência luta contra sua outra personalidade maligna Detta Walker. Ele terá que enfrentar muitos problemas causados por Detta antes de levá-la consigo para seu mundo.
A terceira porta leva à década de 70, onde Roland vai encontrar a Morte. Essa personalidade está relacionada com Odetta e Jake, o garoto do primeiro volume da saga que acompanhou Roland em sua busca pelo Homem de Preto pelo deserto. Ele tem de matar o homem que foi responsável pela morte de Jack em nosso mundo que também foi responsável pelo acidente que deixou Odetta paralítica.
Roland está gravemente doente devido aos ferimentos feitos pelas Lagostrosidades, e ainda tem que lidar com os sentimentos e as novas descobertas de seus agora companheiros de jornada.
Ele melhora graças a Aspirina que Eddie dá pra ele, coisa do nosso mundo, totalmente desconhecida por Roland, mas que se torna extremamente necessária pra ele, como as balas de seu revolver.
Este volume foi muito melhor que o primeiro, a narrativa está mais dinâmica e a história repleta de ação, cheia de tiroteios e morte. Pelo que percebi, com a entrada desses três personagens na história, a vida de Roland vai dar um giro de 360º.
Será que Roland, pistoleiro durão e implacável que se acostumou a viver na solidão vai conseguir interagir com seus novos companheiros? Que escolhas ele terá que fazer daqui por diante que influenciarão na sua busca pela Torre e no destino de seus companheiros?
O Ka-tet está formado, e a busca pela Torre continua. Mas agora outros pistoleiros fazem parte dessa saga.
Que venha as Terras Devastadas!



comentário(s) pelo facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário