Frases Soltas: O Senhor dos Anéis - Volume II - As Duas Torres

14 de junho de 2011

O Senhor dos Anéis - Volume II - As Duas Torres


Este volume da Trilogia é dividido em duas partes porque em a Sociedade do Anel, o grupo se divide para concluir missões diferentes. Frodo e Sam continuam no caminho que leva à terra sinistra de Mordor, enquanto os outros partem em uma nova jornada que vou contar a seguir.
A primeira Parte:
Aragorn, Legolas e Gimli partem para resgatar os hobbits Pipim e Merry, que foram seqüestrados por uruk-hais, um tipo mais poderoso de Orc. Eles seguem os rastros até chegarem na Floresta de Fangorn, onde se encontram com Gandalf que agora é um mago branco e está mais poderoso do que era antes. Eles partem para a cidade de Rohan em busca de aliados para as batalhas que virão.
Enquanto nosso quarteto de heróis partem para a Terra dos Cavalos, Merrye Pipim escapan dos uruk-hais e fogem para uma floresta, onde conseguem se manter por um tempo graças à ajuda de Barbárvore, uma árvore gigante e muito antiga da raça dos Ents.
Os Ents tem grande personalidade e força e não só ajudam nossos hobbits a se salvarem nessa história como também são personagens muito importantes para o desfecho deste livro.
A Segunda Parte:
Frodo e Sam, que partiram sozinhos para a Terra de Sauron, estão sendo seguidos por uma criatura estranha e curiosa. Com muito tempo de caminhada e poucas provisões, eles temem ser atacados e resolvem capturar o estranho que está em seu encalço.
É a primeira vez que vemos Gollum, criatura de grande importância na saga. Este, em troca de sua liberdade, promete aos hobbits ensinar um lugar seguro para se penetrar nas profundezas de Mordor.
Mesmo sem confiar em Gollum, Frodo e Sam decidem acompanhá-lo, pois acham que ele é a sua única esperança de chegar a seu destino sem serem percebidos pelos orcs.
Gollum já havia sido um hobbit há muitas eras atrás, mas fora corrompido pelo Anel de Poder, se tornando uma criatura de forma indefinida e com duas personalidades, onde a dominante é a que foi possuída pelo Um Anel. Somente Sam desconfia de suas verdadeiras intenções, pois Frodo está carregando o fardo de ser o portador do Anel tendo seus sentidos corrompidos.
Tendo Gollum por guia, eles decidem entrar em Mordor por um túnel onde acreditam que estarão mais seguros, e assim seria se Gollun não estivesse planejando um triste fim para os nossos heróis hobbits. Ele arquiteta entrega-los a Laracma, uma aranha gigante que prende suas vítimas em uma teia para devorá-las lentamente.
Este volume é repleto de batalhas sangrentas contra os demônios enviados por Sauron e Sarumam, mago rival de Gandalf, em busca de seu precioso Anel.
Mais uma vez Tolkien descreve cenários, personagens e sensações com grande maestria.
Carregamos com Frodo o fardo de ser o portador do anel e encaramos com ele a difícil missão de trilhar o caminho de Mordor, cansado e sem provisões, contando apenas com seu grande amigo Sam para confortá-lo e apóia-lo. Partilhamos da desconfiança de Sam em relação a Gollum, e seguimos com ele protegendo e apoiando seu grande amigo nessa grande dificuldade.
Lutamos com Légolas e Gimli e nos divertimos com essa inesperada amizade entre um anão e um elfo. A competição que eles fazem entre eles pra ver quem abate mais orcs é cômica!
Aragorn é um verdadeiro cavalheiro, sempre centrado em seus objetivos e dedicado aos seus amigos. Ele segue o caminho que lhe foi imposto sem pedir nada em troca, se empenhando para manter em segurança aqueles que ama.
Uma história épica de tirar o fôlego que ganhou uma adaptação fiel para os cinemas pelas mão do diretor Peter Jackson.
Leia o livro e depois veja o filme, ele simplesmente dá vida a tudo o que foi lido com grande riqueza de detalhes.



comentário(s) pelo facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário