Frases Soltas: Percy Jackson e Os Olimpianos - Livro 5 - O Último Olimpiano

31 de maio de 2011

Percy Jackson e Os Olimpianos - Livro 5 - O Último Olimpiano

Um final surpreendente para uma saga eletrizante.
Durante todo o livro, participamos de batalhas entre o exército de Cronos e os heróis do Acampamento meio sangue através dos olhos e sensações dos personagens.
Batalhas de tirar o fôlego, diga-se de passagem.
Percy ao completar 16 anos, decide seguir o conselho de Nico e se utilizar dos métodos de Aquiles e Luke para se tornar invencível e se transformar em um verdadeiro Herói. Sentimos que ele deixou de ser aquele garoto amedrontado, muitas vezes feito de vítima do começo da série, pra se tornar um verdadeiro campeão.
Ele está mais próximo de seu pai Poseidon e também de seu irmão Tyler. Sentimos que além de seus amigos, neste livro ele também dá grande importância para a sua família, sempre lutando e enfrentando grandes perigos para impedir que qualquer coisa errada aconteça a eles. Mas será que quando a hora da Profecia final chegar, ele vai tomar a decisão certa?
Enquanto a luta dos Heróis contra o exército de Cronos está acontecendo, perto dali outra batalha acontece simultaneamente. É a guerra dos Deuses contra o monstro Tifão para defender a sua sobrevivência como Deuses. Um monstro poderoso que em outra época quase derrotou os Deuses e que foi acordado por Percy sem querer no último livro da Saga.
Todos os campistas estão participando deste combate, incluindo Rachel, a amiga de Percy que serviu de guia durante A Batalha do Labirinto. Muitos deles morrem infelizmente até que a batalha final entre Cronos e Percy aconteça, revelando o final da tão aguardada Profecia feita pelo Oráculo.
O exército de Cronos finalmente é derrotado, e com a ajuda de Poseidon, os Deuses conseguem derrotar Tifão.
A Profecia na verdade dizia respeito a Luke, quem iria adivinhar? E foi um final majestoso ver Luke se utilizando de seu livre arbítrio para fazer alguma coisa boa afinal de contas.
É uma saga que me fez pensar, falando como mãe agora, na influência que a falta de amor de um pai para com um filho tem importância na vida de uma criança.
Até que ponto a distância que esses Deuses mantiveram de seus filhos foi realmente boa pra essas crianças? Digo com certeza que não trouxe nenhum bem a nenhum deles, pelo menos não psicologicamente.
No final do livro:
Rachel se torna o novo Oráculo, Percy e Annabeth resolvem seus issues e ficam juntos, e ele tem um ato grandioso, quando decide abdicar de sua imortalidade, presente que lhe foi dado pelos Deuses, para que todos os filhos de Deuses fossem abertamente reconhecidos por seus pais, inclusive os dos Deuses menores. Tyson vira General do exército de Ciclopes a pedido de Poseidon. Grover se torna o Novo Senhor da Natureza e ocupa lugar de destaque no Conselho dos Sátiros.
O Final de Annabeth foi maravilhoso também, ela finalmente realizou seu sonho de ser arquiteta e vai projetar o novo Olimpo, já que o antigo foi destruído quase que completamente no combate.
Gostei demais desse livro, não poderia imaginar que o final seria assim. Realmente me surpreendeu de forma muito positiva e com certeza eu vou colocar na minha listinha de leituras futuras os próximos livros do Rick Riordan!
Saga totalmente recomendada!



comentário(s) pelo facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário