Frases Soltas: As Crônicas de Gelo e Fogo - Livro Um - A Guerra dos Tronos

25 de maio de 2011

As Crônicas de Gelo e Fogo - Livro Um - A Guerra dos Tronos

“O inverno está chegando...”
Sinceramente não sei como começar a resenha deste livro. Acabei de lê-lo e estou sem fôlego. Que final surpreendente!!!!
Mas não vou contar o final pra vocês e estragar o prazer da leitura né, vamos á resenha?
Este livro trás uma série de histórias entrelaçadas. Os capítulos são divididos por personagens, o que eu achei muito interessante porque podemos acompanhar os fatos pela visão de muitos dos envolvidos. Neste livro, acompanhamos a história pelos olhos dos Stark, dos Targaryen e dos Lannisters.
O livro começa com Eddard Stark, Senhor do Norte, juntando-se à comitiva real para prestar seus serviços como a mais nova Mão do Rei, já que a antiga está morta sob suspeitas de assassinato. Quando se muda para a corte, Lord Eddard leva consigo sua filha Sansa, prometida ao príncipe Joffrey e Arya, uma mocinha que prefere armaduras e espadas à agulhas e bordados.
Ficam em Winterfell sua esposa Catelyn e os seus filhos Robb, mais velho que assume o posto de Senhor do Norte na ausência de seu pai; Bram, agora paralítico por ter sido jogado de uma muralha quando viu coisas que não deveria; Rickon, filho caçula de apenas 3 anos e Jon Snow, filho bastardo de Eddard, da mesma idade de Robb.
Conforme Ned vai desempenhando sua função de Mão do Rei, ele vai descobrindo uma série de intrigas que conspiraram na morte da antiga Mão. Intrigas essas tramadas nada mais nada menos que pela própria Rainha Cersei Lannister para encobrir um segredo. Será que Ned está correndo perigo também?
Enquanto isso Jon Snow entra para a Patrulha da Noite e decide defender a muralha dos Outros, criaturas mortas que caminham e porque não dizer zumbis, uma vez que bastardos não tem lugar no mundo naquela época. Juntamente com seu lobo gigante Fantasma, ele começa a treinar com seus irmãos vestidos de negro.
Tyrion  Lannister é um anão, por esse motivo é rejeitado pelo pai que só tem olhos para o seu filho mais velho James, o Regicida. O que esse meio homem não tem de altura ele compensa em inteligência. Sempre aparece lendo e é autor dos melhores comentários irônicos e sarcásticos do livro. Ele é o Lannister mais aceitável pra mim até agora. Não sei como o personagem vai ser desenvolvido no decorrer da saga, mas achei ele muito cativante, apesar de ser um Lannister é claro!
Confesso que ele é ainda uma incógnita pra mim. Não sei ao certo de que lado ele realmente está, mas espero que nele tenha um pouco da humanidade que falta nos outros membros de sua família.
Daenerys é a minha preferida juntamente com Jon.
Ela começou muito tímida e humilhada, usada por seu irmão Viserys como moeda de troca para conseguir um exército e retomar seu trono que foi usurpado pelo atual Rei Robert Baratheon. Dany teve que se casar com Khal Drogo, que em troca daria a Viserys o que ele tanto almejava. Ela ganhou vários presentes de casamento como manda a tradição, mas o que mais se destacaram foram 3 ovos de dragão dados a ela em homenagem à sua linhagem que dizia-se vir do sangue de dragões.
Somente Dany sentia vida nesses ovos que até então eram pedras. E era dali que ela tirava força para suportar o peso de estar entre uma tribo de pessoas que pra ela eram estranhas.
Aos poucos Dany vai se tornando uma mulher forte e decidida apesar da sua pouca idade e das provações que ela teve que passar. Gostei bastante de como ela foi desenvolvida, no começo fraca e no final forte e destemida. Essa grande mulher promete muitas surpresas!
Este livro é um romance que se assemelha muito aos de Bernard Cornwell. Uma história envolvente, cheia de intrigas, traições e batalhas. Os personagens centrais são em maioria muito novos, mas donos de uma maturidade tamanha que os fazem assumir responsabilidades grandiosas no decorrer da trama.
Um romance histórico com um toque sobrenatural. Temos elementos de literatura fantástica maravilhosos nessa história como Lobos Gigantes, símbolo da casa Stark, Dragões e os Outros, que eu acredito a princípio ser um tipo avançado de zumbis. Também foram citados gigantes, mas neste livro eles ainda não aparecem.
Estou ansiosa pra continuar lendo esta história. Por muitas vezes acompanhando a narrativa, me senti dentro de um filme. Não é a toa que virou uma série!
Livro altamente recomendado!


comentário(s) pelo facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário