Frases Soltas: Como Falar Dragonês

15 de abril de 2011

Como Falar Dragonês

Esta nova aventura de Soluço se inicia com uma nova aula prática de Bocão Bonarroto de como abordar uma nau inimiga. Os meninos têm de invadir uma embarcação e pegar um capacete para comprovar que conseguiram completar o desafio.
Por engano, Soluço e Perna de Peixe invadem uma embarcação romana, e acabam descobrindo um plano maléfico dessa civilização para dominar todos os dragões. O plano consiste em raptar o herdeiro dos Holigans (Soluço) colocando a culpa nas ladras do Pântano e também a herdeira das Ladras do Pântano (Camicaze) colocando a culpa nos Holigans, para causar uma confusão entre essas duas tribos que são inimigas mortais, criando assim uma distração para que os dragões sejam roubados e escravizados.
Na correria para fugir dessa embarcação e contar os planos dos romanos a seu pai, Soluço acaba se separando de Banguela, que é capturado juntamente com parte de seu livro que ensina a falar Dragonês.
Será que Soluço vai conseguir provar a seu pai que os Romanos estão mesmo arquitetando um plano maléfico? Será que ele vai recuperar Banguela e seu livro? Será que ele vai conseguir impedir que os romanos dominem todos os dragões?
Se quiser descobrir, leia o livro, vale a pena!
É uma história recheada de emoções, com situações de tirar o fôlego.
Camicaze é uma personagem muito divertida e muito ágil, sua admiração por Soluço fica clara, apesar dela tentar disfarçar. Isso dá um toque de “ahhh que bonitinho” na trama.
Gostei demais do livro. Apesar dele ser classificado como literatura infantil, acredito que qualquer adulto possa lê-lo e desfrutar de uma leitura leve e gostosa.
Cressida entrou pra lista de meus autores preferidos por seu bom humor e facilidade em te prender na leitura. Quando você menos espera, chega ao final do livro e fica com aquela saudade gostosa dos personagens esperando pelo próximo volume.
Muito bom!



comentário(s) pelo facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário