Frases Soltas

14 de setembro de 2016

Top 10 – Livros Infinitos

Imagem daqui

Sabe aqueles livros que mesmo que sejam fininhos você leva uma eternidade pra ler? Aqueles que você tem que ler por obrigação na escola, que você ganhou de um amigo ou parente próximo, que acharam a tua cara e que na verdade não tem nada a ver com você. Nosso top 10 hoje é sobre isso, os meus livros infinitos :(

1. O Guia do Mochileiro das Galáxias – Douglas Adams




Sinopse: 'O guia do mochileiro das galáxias' conta as aventuras espaciais do inglês Arthur Dent e de seu amigo Ford Prefect. A dupla escapa da destruição da Terra pegando carona numa nave alienígena, graças aos conhecimentos de Prefect, um E.T. que vivia disfarçado de ator desempregado enquanto fazia pesquisa de campo para a nova edição do Guia do mochileiro das galáxias, o melhor guia de viagens interplanetário.

2. A Morte da Luz – George R. R. Martin



Sinopse: Em A Morte da Luz um planeta está prestes a morrer, seu caminho se afasta das estrelas que trazem vida àquele lugar. Suas 14 cidades, construídas rapidamente quando o planeta passou por perto de uma grande estrela, também estão moribundas. Worlorn não é o planeta que Dirk t´Larien imaginava e Gwen Delvano não é mais a mulher que conhecera. Ela está ligada a outro homem e a esse planeta moribundo preso no crepúsculo, seguindo em direção à noite sem fim. Em meio à paisagem desoladora, há um violento choque de culturas, no qual não há códigos ou honra e uma batalha se espalhará rapidamente

3. Prince of Thorns – Mark Lawrence




Sinopse: Tem início a trilogia dos espinhos. Ainda criança, o príncipe Honório Jorg Ancrath testemunhou o brutal assassinato da Rainha mãe e de o seu irmão caçula, William. Jorg não conseguiu defender sua família, nem tampouco fugir do horror. Jogado à sorte num arbusto de roseira-brava, ele permaneceu imobilizado pelos espinhos que rasgavam profundamente sua pele, e sua alma. O príncipe dos espinhos se vê, então, obrigado a amadurecer para saciar o seu desejo de vingança e poder. Vagando pelas estradas do Império Destruído, Jorg Ancrath lidera uma irmandade de assassinos, e sua única intenção é vencer o jogo. O jogo que os espinhos lhe ensinaram. 

4. Contos Inacabados – J. R. R.Tolkien



Sinopse: Este livro contém a única história que sobreviveu das longas eras de Númenor antes de sua queda, e tudo o que se conhece sobre temas como os Cinco Magos, os Palantíri ou a lenda de Amroth. Escrevendo acerca dos Apêndices de O Senhor dos Anéis, J.R.R.Tolkien disse em 1955: "Aqueles que apreciam o livro apenas como "romance heroico" e consideram os "panoramas inexplicados" parte do efeito literário, desprezarão os Apêndices, e farão muito bem." Contos Inacabados destina-se àqueles que, ao contrário, ainda não exploraram suficientemente a Terra-média, suas línguas, suas lendas, sua política e seus reis. Christopher Tolkien editou e apresenta a coleção. Também redesenhou o mapa de O Senhor dos Anéis em escala maior e reproduziu o único mapa de Númenor. 

5. A Hora da Estrela – Clarice Lispector




Sinopse: Entre a realidade e o delírio, buscando o social enquanto sua alma a engolfava, Clarice escreveu um livro singular. A Hora da Estrela é um romance sobre o desamparo a que, apesar da linguagem, todos estamos entregues.

6. Vidas Secas – Graciliano Ramos



Sinopse: Em Vidas Secas, o autor se mostra mais humano, sentimental e compreensivo, acompanhando o pobre vaqueiro Fabiano e sua família com simpatia e uma compaixão indisfarçáveis. Além de ser o mais humano e comovente dos livros de ficção de Graciliano Ramos, Vidas Secas é o que contém maior sentimento da terra nordestina, daquela parte que é áspera, dura e cruel, sem deixar de ser amada pelos que a ela estão ligados teluricamente. O que impulsiona os seres desta novela, o que lhes marca a fisionomia e os caracteres, é o fenômeno da seca. 

Foto do Blog Doce Apego

7. O Príncipe de Westeros e Outras Histórias – Vários



Sinopse: Um livro fascinante que reúne os melhores contos de grandes nomes da literatura fantástica. Inclui uma nova história de A Guerra dos Tronos, de George R. R. Martin. Se você é fã de literatura fantástica, irá se deliciar com esta antologia de contos organizada por George R. R. Martin e Gardner Dozois. Obras inéditas dos melhores autores do gênero irão surpreendê-lo com enredos ardilosos e reviravoltas intrigantes. O próprio George R. R. Martin apresenta uma nova história do apaixonante e violento mundo de A Guerra dos Tronos, introduzindo um dos personagens mais canalhas da história de Westeros. Acompanhe grandes autores, como Gillian Flynn, Neil Gaiman, Patrick Rothfuss, Scott Lynch e muitos outros, nesta coleção de histórias emocionantes sobre vigaristas, mercenários e ladrões. 

8. Assassinato no Expresso Oriente – Ágata Christie




Sinopse: Nada menos que um telegrama aguarda Hercule Poirot na recepção do hotel em que se hospedaria, na Turquia, requisitando seu retorno imediato a Londres. O detetive belga, então, embarca às pressas no Expresso do Oriente, inesperadamente lotado para aquela época do ano. O trem expresso, porém, é detido a meio caminho da Iugoslávia por uma forte nevasca, e um passageiro com muitos inimigos é brutalmente assassinado durante a madrugada. Caberá a Poirot descobrir quem entre os passageiros teria sido capaz de tamanha atrocidade, antes que o criminoso volte a atacar ou escape de suas mãos. 

Foto do Blog Uhlalá

9. O Morro dos Ventos Uivantes – Emily Brönte



Sinopse: O Morro dos Ventos Uivantes possui características ímpares diante de seus contemporâneos: enquanto outros se baseavam em ações complexas, geralmente tortuosas, sua estrutura dramática é resultado do choque de vontades, através de uma rica mistura de romantismo e realismo, transbordando de paixão, turbulência e misticismo. Este livro já foi adaptado mais de vinte vezes para o cinema, rádio e televisão. A versão de William Wyler de 1939, estrelada por Merle Oberon como Cathy e Laurence Olivier como Heathcliff, é considerado um dos grandes clássicos do cinema até os dias de hoje. 

10. O Grande Gatsby – F. Scott Fitzgerald



Sinopse: Jay Gatsby e Daisy se conhecem cinco anos antes do começo da história. Ela é uma bela jovem Louisiana e Gatsby um jovem oficial da marinha sem qualquer riqueza, ambos se apaixonam. Porém enquanto Gatsby cumpre seu dever como oficial na Primeira Guerra, Daisy se casa com o bruto, intolerante, mas milionário Tom Buchanan. Após o término da Guerra Gatsby se dedica inteiramente a reconquistar o amor de Daisy. Ele se empenha em fazer fortuna, por qualquer meio que seja, e se torna um milionário independente. Em seguida, compra uma mansão vizinha à mansão de Daisy e seu marido, promove muitas festas com esperança de que Daisy compareça a uma delas. Quando finalmente eles se encontram, acontecimentos trágicos são postos em movimento. A história é contada através dos olhos do amigo e vizinho onipresente de Gatsby, Nick Carraway, que mora em uma casa humilde próxima a mansão e se indaga sobre a exuberância, prepotência e falta de cultura das demais personagens.  

Foto do Blog Amiga da Leitora


Leia Mais ►

13 de setembro de 2016

No Detalhe #7 - Onde Está Wally? Um Passeio na História


Acredito que você já tenha ouvido falar de Onde Está Wally alguma vez na vida, mas se não ouviu, vou mostrar pra vocês um pouco da diversão de crianças na década de 90, quando ainda não havia internet e vídeo games eram coisa de gente rica.

Esse livrinho consistia em procurar o Wally, simples assim. Pode parecer fácil, mas o cenário de cada página é sempre cheio de desenhos e distrações que fazem você se confundir e levar um bom tempo para encontrá-lo.













Quando vi esse livro no estande da Martins Fontes na Bienal do Livro não resisti, foi uma compra automática, mesmo achando que paguei um pouco caro nele (R$ 30,00), foi um dinheiro bem gasto pois é um passatempo muito gostoso.

Esse é o segundo volume da série de livros, temático sobre fatos históricos, e segundo a atendente da editora, é o mais difícil. Já na volta da Bienal, filho e eu viemos procurando o Wally e confesso que estou bem enferrujada, ele encontrava muito antes de mim rs.

Me lembro de ter 10 anos, passando um tempo na biblioteca que havia perto de casa, com esse livro na mão, procurando Wally e sua infinita lista de coisas perdidas, nostalgia boa!

Taí uma boa atividade pra fazer sozinho ou acompanhado, disputando quem encontra primeiro :)

Dá pra jogar online clicando aqui.

Fica a dica!



Leia Mais ►

12 de setembro de 2016

Literatura – O Homem Que Caiu na Terra


Newton “caiu” na Terra e por meio da venda de anéis de ouro que trouxe de seu planeta natal Anthea, ele pretende colocar em prática um plano ambicioso, do qual depende a sobrevivência de sua espécie.

Seu plano deverá ser colocado em prática em no máximo cinco anos, e pra isso ele precisará levantar uma grande quantidade de dinheiro. Pra fazer isso acontecer, ele vai em busca de um especialista em patentes, Farnsworth, pois vai se utilizar de algumas tecnologias de Anthea para revolucionar o mercado de fotos, filmes e música, com uma qualidade excepcional de imagem e som, arrecadando assim o valor necessário pra dar andamento ao que ele precisa.








Ainda que ele tivesse que usar próteses dentárias, nas unhas e ter que lidar com problemas em relação á gravidade e luz intensa, tudo parecia muito fácil e começou a dar resultado conforme o esperado. Só que ele não contava com a influência que os seres humanos teriam em sua vida.

Mesmo passando anos em Anthea aprendendo sobre os humanos assistindo TV, ele se deparou com um cenário muito diferente quando pode finalmente ter contato com a nossa raça. Os vícios, as tristezas e a melancolia ás vezes são muito piores do que bombas atômicas. A humanidade realmente teve esse efeito devastador em Newton pois ele começou a se questionar, afinal quem era ele? Um antheano ou um humanoide? Valia realmente a pena dar andamento ao seu plano?

O ritmo do livro é lento e descritivo, não tanto como um Tolkien, mas demorado e por vezes cansativo, mesmo sendo curto (226 páginas) a leitura pode ser um pouco maçante em função disso.

Não espere que vá acontecer nada de extraordinário aqui, como extraterrestres invadindo o planeta e causando guerras, muito pelo contrário, a história segue um caminho mais filosófico, e nos faz repensar várias atitudes nossas enquanto seres humanos. Nossa acomodação, as guerras que financiamos como se fossem coisas normais, o ego, os vícios, a auto sabotagem e a desvalorização dos recursos naturais do nosso planeta, nossa ambição, enfim, nossos grandes defeitos.



É uma leitura curta, mas que não tem nada de rasa, estou pensando na história até agora, mesmo tendo terminado a leitura há uma semana. Entretanto, achei que poderia ter sido melhor, esperava um final diferente, com alguma esperança, mais clímax.

Definitivamente vou procurar o filme com Bowie pra assistir, não vejo ator melhor para representar Newton, li a história linkando ele ao personagem andrógeno.

Quanto ao livro, a leitura é boa, eu gostei bastante, mas se for começar a leitura vá sem expectativas e tenha paciência que vai valer a pena.
Leia Mais ►

7 de setembro de 2016

Série - Gilmore Girls


Lorelai e Rory, mãe e filha que são muito amigas e moram na cidadezinha de Stars Hallow vão mostrar nessa série o dia a dia de uma família nada convencional.

Lorelai engravidou de Rory quando tinha 16 anos e decidiu sair de casa e criar sua filha sozinha. Isso criou um mal estar com seus pais e eles mal se falaram durante muitos anos, mas a situação muda quando Rory consegue entrar em Chilton, uma das escolas particulares mais caras da região, que poderá ser a ponte para a realização do sonho de Rory de ir pra Harvard.




Sem dinheiro, Lorelai recorre aos pais que são muito ricos para pagar a escola de Rory, em troca, sua mãe impõe que elas terão que ir todas as sextas feiras a um jantar em sua casa, para que ela possa participar mais da vida da neta que mal conhece.

Lorelai aceita, e a partir daí acompanhamos as relações complicadas delas com os avós, amigos, nova escola, namorados e com elas mesmas.








Rever essa série me trouxe um sentimento bom de nostalgia, me lembrei de quando era mais nova, grávida do meu primeiro filho, esperando a Warner anunciar a próxima temporada. Procurando na internet spoilers da série, doida pra saber se Lorelai iria ficar com Luke no final, se Rory iria realizar seu sonho de ser jornalista, essa foi uma época muito gostosa da minha vida, e está muito associada á essa série.

Me lembro também que quando terminava um episódio, no dia seguinte eu corria para a internet pra visitar um blog que explicava todas as referências ditas por Lorelai e Rory, infelizmente não me lembro o nome do blog, mas era um trabalho lindo que as meninas que postavam faziam, e muito difícil, porque as referências eram muitas mesmo!






É engraçado assistir hoje e entender as referências da série, isso me mostrou o quanto eu amadureci culturalmente, ver Rory e sua paixão por livros, segurando um exemplar que eu já li ou que está na minha lista de próximas leituras, ver Lorelai falando de filmes antigos e muito interessantes, Lane com sua paixão por músicas, Suki e seu amor por culinária, me fazem sentir mais conectada com elas. Coisa rara pra mim, porque não me sinto assim com muitas séries.

Gilmore Girls é uma série gostosinha que aquece o coração, as temporadas antigas estão disponíveis no Netflix e em novembro teremos um Revival com quatro episódios novos mostrando o que aconteceu comelas mulheres fortes e lindas. Mal posso esperar!

Super indico!



Leia Mais ►